Delícias

Uma delícia. Sei que não é o adjetivo mais apropriado para descrever uma música, mas é assim que as músicas portuguesas são para meus ouvidos.

Com letras profundas que se agarram ao sotaque sério e fechado, cada canção é como um convite. Para dançar juntinho ou sozinho no canto da sala, cantar com todo o fôlego dos pulmões ou sem mexer os lábios enquanto espera o autocarro para casa e, principalmente, se apaixonar – pela melodia e pelo sotaque.

Me identifiquei tanto com o repertório português por que ele não para no fado. Ele vai para um pop descontraído com letra chiclete, para músicas que deveriam ser livros inteiros, para melodias tão únicas que merecem uma categoria própria. 

São uma delícia. De se ter por perto em um dia que a saudade acorda apertada, de se deixar guardado para usar apenas ocasiões especiais como uma porcelana ou de se escutar sem motivo algum, só para se deliciar com alguém te prometendo o mundo em outro sotaque.

Aproveitem comigo minha playlist mais ouvida e me contem qual sua favorita depois! 💙 

E uma novidade: estou mantendo um outro espaço para textos que não são sobre viagem (aquelas que odeiam coisas bagunçadas haha). Você pode clicar aqui ou ali em cima, no menu Não tão bela para conhecer. 🙂

Anúncios